Pesquisador Sênior do CNPq, a história de uma vida

Atualizado há 1 mês


Após 22 anos como pesquisador I do CNPq tive o projeto de Pesquisador Sênior aprovado. Este projeto é o coroamento de minha vida de trabalho, ensino e pesquisa e tem o título de “Modelagem Conceitual e Ontologia: Cognição e Formalização”. Um breve trecho da justificativa é o seguinte, e notem que escrevi bem antes da efervescência do ChatGPT!

O desenvolvimento de modelos da realidade passa por várias etapas onde devemos considerar aspectos não apenas de Ciência da Computação, mas de Ciências Cognitivas como Filosofia, Psicologia e Filosofia. Além disso, é necessário que se considere aspectos éticos em todo o processo. Atualmente se verifica que há uma superposição importante entre as Ciências Cognitivas e a Modelagem Conceitual devido a ambas tratarem com a representação da realidade em modelos da realidade que possam, por um lado, ser compreendidos por humanos e, por outro, processados computacionalmente.

Pretendo continuar em atividade tratando deste tema e orientando (olhem candidatos ao doutorado)!  Para motivar a turma a turma jovem em uma vida de pesquisa e ensino gravei um vídeo sobre a carreira de pesquisa e dando sugestões para o planejamento de uma vida na academia.

(Acessos 300)