universidade-1-b

 

 

Textos integrais das teses e dissertações

 

Sugiro que os alunos interessados em realizar um futuro mestrado ou doutorado entrem em contato direto comigo. A preparação de uma proposta, tanto de mestrado, quanto de doutorado deve ser cuidadosamente elaborada.

Número

Nível

Data

Nome

79  (19) Dr. 2015  Alencar Machado - tese
78 M.Sc. 2014

 Edson Roberto Duarte Weren (co) - dissertação

77  (18) Dr. 2014

 Jonas Bulegon Gassen - tese

76 M.Sc. 2014

Guilherme Medeiros Machado - dissertação

75  (17) Dr. 2013

 Isabela Gasparini (co) - tese

74  (16) Dr. 2013

 Cristiano Roberto Cervi (co) - tese

73  (15) Dr. 2013

 Leila Weitzel Coelho da Silva - tese

72  (14) Dr. 2012

 Ana Marilza Pernas Fleischmann - tese

71 M.Sc. 2012

Pedro Bispo da Silva Santos (co) - dissertação

70  (13) Dr. 2012

 Daniel Lichtnow tese 

69  (12) Dr. 2012  Giseli Rabello Lopes tese
68 M.Sc. 2012  Fahad Kalil - dissertação
67 M.Sc. 2011  Augusto Klinger - dissertação
66 M.Sc. 2011  Juliano Machado Teixeira - dissertação
65 M.Sc. 2011  Adriana Jouris - dissertação
64 M.Sc. 2009  Luis Henrique Gonçalves de Oliveira - dissertação

63

M.Sc.

2008

 Gabriel da Silva Simões dissertação

62  (11)

Dr.

2008

 Sandro José Rigo - tese

61

M.Sc.

2008

 Ricardo de Moura Rivaldo - dissertação

60

Pós-doc

2007-2008

 Mirella M. Moro

 

 

2012 Giseli Rabello Lopes, Dr. (co) 

   

2012 Carolina Andrade Silva Bigonha, M.Sc.

    2011 Felipe da Costa Hummel, M.Sc.
    2010 André Cavalcante Hora, MSc.

59

M.Sc.

2007

 Henrique Gregianin Testa - dissertação

58

M.Sc.

2007

 Giseli Rabello Lopes

57  (10)

Dr.

2006

 Daniela Leal Musa -  tese

56

M.Sc.

2006

 Diego Contessa 

55

M.Sc.

2005

 Daniel de Mello Vieiro

54

M.Sc.

2005

 Mariusa Warpechowski

53

M.Sc.

2004

 Claudimir Zavalik

52

M.Sc.

2004

 Carlos Francisco Gomide

51

M.Sc.

2004

 Lydia Silva

50  (9)

Dr.

2004

Leandro Krug Wives - tese

   

2012 Hélvia Pereira Pinto Bastos, Dr. (co)

   

2009 Núbia dos Santos Rosa Santana dos Santos, M.Sc.

   

2009 Rogério de Avellar Campos Cordeiro, M.Sc.

   

2008 Gabriel Simões, M.Sc. (co)

49

 M.Sc.

2003

 Michele Alda Rosso Guizzo

48  (8)

Dr.

2003

Maria Aparecida Martins Souto - tese

   

2007 Giseli Rabello Lopes, M.Sc. (co)

47  (7)

Dr.

2003

Rui G. Scarinci - tese

46

M.Sc.

2003

Jorge Meinhardt

45

M.Sc.

2003

Veronice de Freita

44

M.Sc.

2002

Marília Abrahão Amaral

43

M.Sc.

2002

Carla de Almeida Martins Basso

42

M.Sc.

2002

Marcelo Isolani

41

M.Sc.

2002

Ana Carla Macedo da Silva

40

M.Sc.

 2002

 Christian Zambenedetti

39

M.Sc.

 2002

 Rodrigo Paschoal do Valle

38  (6)

Dr.

 2001

 Stanley Loh - tese

 

2011 Eduardo Londero, M.Sc.

 

2011 Taís da Veiga Oliveira

 

2009 Cleber Gouvêa, M.Sc.

 

2008 Christiano Otero Ávila, M.Sc.

 

2008 Edécio Lepsen, M.Sc.

 37

 M.Sc.

 2001

 Daniela Leal Musa - dissertação

36

M.Sc.

2000

Guilherme Tomaschewski Netto - dissertação

35

M.Sc.

2000

Graziela Flores Kunde

34

M.Sc.

2000

Luiz Alberto de Oliveira

33

M.Sc.

1999

Ane Tröger (Dr. University of Manchester)

32

M.Sc.

1999

Leandro Krug Wives 

 31  (5)

 Dr.

 1998

 Ricardo Melo Bastos - tese

 

2012 Leonardo Rodriguez Herédia, M.Sc.

  2011 Eliana Beatriz Pereira, Dr.
  2010 Daniel Antônio Callegari, Dr.
  2010 Rejane Schlösser
 

2009 Gabriel Rossato Costa, M.Sc.

  2009 Luciana Mesquita Belleza, M.Sc.
  2009 Thiago Locatelli da Silva, M.Sc.
  2008 Maurício Covolan Rosito, M.Sc.
 

2008 Marcos Tadeu Silva, M.Sc.

 

2007  Elisa Cerri de Cerri, M.Sc.

 

2006 Peter Schuck Hemesath, M.Sc.

 

2006 Gustavo da Costa Oliveira, M.Sc.

 

2006 Fabiana Zaffalon Ferreira Rocha, M.Sc.

 

2005 Eliana Beatriz Pereira, M.Sc.

 

2004 Giliane Redolfi, M.Sc.

 

2004 Rodrigo Perottoni, M.Sc.

 

2003 Angela Mazzorani, M.Sc.

 

2002 Alberto Sbardelotto Chemale, M.Sc.

 

2002 Cristiano Rech Meneguzzi, M.Sc.

 

2002 Mariane Machado Moraes, M.Sc.

 

2001 Josyane Barros de Sousa, M.Sc.

 

2001 Murilo Juchem, M.Sc.

30

M.Sc.

1998

Silvana do Prado Frederes

29

M.Sc.

1998

André Luis Costa de Oliveira

28

M.Sc.

1997

Rui Gureghian Scarinci 

27

M.Sc.

1997

João Carlos Damasceno de Lima

26

M.Sc.

1997

Sérgio Ery Cazella

25  (4)

Dr.

1995

Cora Helena Francisconi Pinto Ribeiro

 

2003 Viviane Prado Marçal, M.Sc.

 

2003 Everaldo Luiz Daronco, M.Sc.

 

2002 Marilda Spindola Chiaramonte, M.Sc.

 

1999 Gustavo Zanini Kantorski, M.Sc.

 

1998 Silvana Frederes, M.Sc.

24

M.Sc.

1995

Rita Suzana Pitangueira (Dr. UFPe)

23

M.Sc.

1995

Eduardo Pereira de Arruda

 22  (3)

Dr.

1995

Duncan Dubugras Alcoba Ruiz - tese

 

2012 Ana Trindade Winck, Dr.

 

2011 Peterson Fernandes Colares, M.Sc.

 

2011 Christian Vahl Quevedo, M.Sc.

 

2010 Patricia Nogueira Hubler, Dr.

 

2010 Nelson Nunes Tenório Júnior, Dr.

 

2010 John Igor Bandeira da Cruz, M.Sc.

 

2010 Luciano Costa Blomberg, M.Sc.

 

2009 Rita Cristina Galarraga Berardi, M.Sc.

 

2009 Rodrigo Coelho Barros, M.Sc.

 

2009 Custódio Gastão da Silva Junior, M.Sc.

 

2008 Rafael Saraiva Garcia, M.Sc.

 

2008 Fernanda Vieira Figueira, M.Sc.

 

2007 Hugo Vares Vieira, M.Sc.

 

2007 Leandro Paulo Bogoni, M.Sc.

 

2007 Patrícia Souza Silveira, M.Sc.

 

2007 Ana Trindade Winck, M.Sc.

 

2006 Virginia Silva da Cunha, M.Sc.

 

2006 Cristian Tristão, M.Sc.

 

2001 José Maurício Carré Maciel, M.Sc.

 

2001 Edicarsia Barbiero, M.Sc.

 

2001 Carlos Henrique Schwartzhaupt. M.Sc.

 

2001 José Maurício Maciel, M.Sc.

 

1999 César Augusto Kruger, M.Sc.

 

1998 Eugênio de Oliveira Simonetto, M.Sc.

 

1997 Raul Henrique Duarte Martins, M.Sc.

 

1996 Omer Pohlmann Filho, M.Sc.

21  (2)

Dr.

1995

Sérgio Felipe Zirbes - tese

20  (1)

Dr.

1994

Nina Edelweiss - tese

 

2009 Deise de Brum Saccol, Dr.

 

2003 Renata de Matos Galante, Dr.

 

2010 Rafael Corezola Pereira, M.Sc.

 

2010 Edimar Manica

 

2009 Glauber Rodriguês da Silva, M.Sc.

 

2009 Alexandre Torres, M.Sc.

 

2009 Deise de Brum Saccol, Dr. (co)

 

2008 Eduardo Nunes Borges, M.Sc.

 

2007 Vincent Nelson Kellers da Silveira, M.Sc.

 

2006 Rodrigo Machado, M.Sc. (co)

 

2005 Fabrício Ávila da Silva, M.Sc.

 

2005 Robson Leonardo Ferreira Cordeiro, M.Sc.

 

2003 Valéria de Araujo, M.Sc.

 

2004 Alexandre Schöttgen, M.Sc.

 

2003 Alex Martins de Oliveira, M.Sc.

 

2003 Anelise Jantsch, M.Sc.

 

2003 Fábio Zschornack, M.Sc.

 

2003 Constância da Silva Santos, M.Sc.

 

2003 Sandro Favin Pinheiro, M.Sc.

 

2002 Aglaê Pereira Zaupa, M.Sc.

 

2002 Adriana Paula Zamin Scherer, M.Sc.

 

2002 Susana Lucia Herrmann, M.Sc.

 

2002 Alexandre Machado Lehnen, M.Sc.

 

2001 Luciana Vargas da Rocha, M.Sc.

 

2001 Mirella M. Moro, M.Sc. (Dr. U of California Riverside) 

 

2000 Melissa Marchiani Palone Zanatta, M.Sc.

 

2000 Silvio Fernando Angonese, M.Sc.

 

2000 Patrícia Nogueira Hübler, M.Sc. (Dr. PUC-RS)

 

2000 Gláucia Sizilio, M.Sc.

 

1999 Fernanda Mancuso, M.Sc.

 

1999 Viviane Pereira Moreira, M.Sc. (Dr. Middlesex University)

 

2011 Otavio Costa Acosta, M.Sc.

 

2011 Isabel Cristina Volpe, M.Sc.

 

2010 Rafael Corezola Pereira, M.Sc.

 

2009 André Pinto Geraldo, M.Sc.

 

2008  Juliana Bonato dos Santos, M.Sc.

 

1998 Mariano Nicolao, M.Sc. (Dr. UFRGS)

 

1997 Tanisi Pereira de Carvalho, M.Sc.

19

M.Sc.

1993

Júlio César Perleberg Lerm

18

M.Sc.

1992

Roberta S. Almeida

17

M.Sc.

1992

Ricardo Diefenthaeler

16

M.Sc.

1991

Guilherme Martin Doege

15

M.Sc.

1991

Xavier H. C. Camacho

14

M.Sc.

1990

Aliomar Mariano Rego

13

M.Sc.

1990

Eiji Takehana

12

M.Sc.

1990

Aristeu de Oliveira Pires Jr.

11

M.Sc.

1990

Ricardo Vieira

10

M.Sc.

1989

Edeval A. Vieira

9

M.Sc.

1987

Salvador Antônio dos Santos

8

 M.Sc.

 1987

 Duncan Dubugras Alcoba Ruiz 

7

M.Sc.

1987

Sérgio Korndoffer

6

M.Sc.

1987

Carlos Alberto Muller

5

M.Sc

1982

Luis Carlos Grings

4

M.Sc.

1982

Celso Bressan

3

 M.Sc.

 1982

 Luis Otávio Campos Alvares (Dr. Joseph Fourier)

 

2009 Ivan Medeiros Monteiro, M.Sc.

 

2008 Andrey Luis Tietbohl Palma, M.Sc.

 

2006 Vania Bogorny

 

 

2011 Bruno Neiva Moreno (co)
    2008 Andrey Thietbohl Palma (co)
    2008 José Antônio Manso (co)
    2007 Anke Jager (co)
 

2006 Sílvio Cazella

 

2005 Hugo da Silva Correa Pinto, M.Sc. 

 

2004 Paulo Zaffari, M.Sc.

 

2004 Glauco Carlos Silva, M.Sc.

 

2004 Rejane Frozza

 

 

2011 Ederson Luis Posselt, M.Sc.
    2011 Eduardo Urnau, M.Sc.
    2010 Mirceia Pereira Borin
    2010 Ismael Cristofer Baierle
    2009 Fabiano Thomasini
    2009 Fabrício Soares
    2009 Eloy Maury Metz
    2008 Maria Aracy Machado Goulart
 

 

2007 Sílvia Letícia Wermuth Pozzebon
 

2003 Rita de Cássia David das Neves, M.Sc.

 

2003 André Gustavo, M.Sc.

 

2003 Simone Carboni Garcia, M.Sc.

 

2003 Verônica Lourosa Estivalet, M.Sc.

 

2003 Luis Felipe Schneider, M.Sc.

 

2002 Carine Halmenschlager, M.Sc.

 

2002 Anelise de Macedo Lucas, M.Sc.

 

2002 João Paulo Schwarz Schuler, M.Sc.

 

2001 Daniela Duarte, M.Sc.

 

2000 André Cordenonsi, M.Sc. 

 

2000 Ozir Francisco de Andrade Zotto, M.Sc. 

 

1999 Roberto Fontes, M.Sc. 

 

1999 Adriana Cerveira, M.Sc.

 

1998 Kelly Christine Correa e Silva Fernandes, M.Sc.

 

1997 Sílvio Cazella, M.Sc.

 

1997 Rejane Frozza, M.Sc. 

 

1996 Ronaldo Moraes Mendes, M.Sc. 

 

1996 Milene Selbach Silveira, M.Sc. 

2

 M.Sc.

 1981

 Jair Strack

1

 M.Sc.

 1980

 Sérgio Felipe Zirbes

Para completar a árvore O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. informações atualizadas.

M.Sc.  
 
  • Mais um serviço predador na academia

    Há uma série de publicações predatórias como journals de acesso livre sem qualquer qualidade, mas com uma aparência de serem sérios. Agora aparecem seviços de indexação predatórios. O mais terrível é a academia.edu.Se receberem algum convite em meu nome deste absurdo que é a Academia.edu não aceitem: é FRAUDE. Eles estão enviando e-mails como se os co-autores estivessem convidando os demais; achei estranho e consultei alguns colegas: nenhum deles havia me convidado foi uma fraude da Academia.edu. Além disto leiam este termo de serviço, chega ser criminoso:   By making available any Member Content on or through the Site or Services, you hereby grant to Academia.edu a worldwide, irrevocable, perpetual, non-exclusive, transferable, royalty-free license, with the right to sublicense, to use, view, copy, adapt, modify, distribute, license, sell, transfer, publicly display, publicly perform, transmit, stream, broadcast and otherwise exploit such Member Content only on, through or by means of the Site or Services.   Se algum pesquisador tiver aceito estes termos predatórios deveria imediatamente excluir seus artigos e fechar aconta. Divulgue estas informações para seus colegas, como diria um famoso apresentador: "Isto é uma vergonha!" ...

    Quinta, 19 Novembro 2015
  • Governo anuncia mudanças na presidência da Finep e na Sepin

    O processo de trocas continua no Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Agora as mudanças atingiram a presidência da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e a Secretaria de Políticas de Informática (Sepin) da pasta. As alterações foram divulgadas nesta segunda-feira (16) no Diário Oficial da União (DOU). FINEP   Na agência de fomento, sai o cientista político Luís Fernandes que ficou no cargo por sete meses. Em seu lugar entra Wanderley de Souza, anteriormente diretor de projetos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Souza já foi secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do estado do Rio de Janeiro (Secti-RJ). Atuou também como secretário executivo do MCTI entre 2003 e 2004. Além disso, chefiou o Laboratório de Ultraestrutura Celular Hertha Meyer, que estuda os fenômenos relacionados à sobrevivência e diferenciação neuronal, bem como a importância das interações neuro-imunes. O novo presidente da Finep possui graduação em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela UFRJ e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) também pela UFRJ. Tem atuado junto a várias sociedades científicas nacionais e internacionais, como a Sociedade Brasileira de Microscopia Eletrônica e a Interamerican Society for Electron Microscopy, onde ocupou posições de vice-presidente e presidente.   Sepin   O DOU de hoje também divulga a exoneração de Virgílio Almeida da chefia da Secretaria de Políticas de Informática do MCTI. Em seu lugar entra Manoel Augusto Cardoso da Fonseca, que estava na Coordenadoria-Geral de Modernização e Informática do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). Almeida deixa a equipe do ministério para assumir o cargo de professor visitante na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Em sua gestão, iniciada em 2011, foram lançados importantes programas, entre eles o Brasil Mais TI e o Start Up Brasil, e ações como editais para fortalecer a indústria nacional de microeletrônica e a Certics, um certificado para comprovar se um software é resultado de pesquisa e desenvolvimento no País.   <link> ...

    Terça, 17 Novembro 2015
  • Orientação do Ministério Público Federal considera ilegal o Internet.org no Brasil

    A Procuradoria Geral da República soltou um documento que é uma bomba contra o projeto internet.org, ou Freebasics, como passou a ser chamado o aplicativo da rede social para acesso a sites e conteúdos selecionados, mas sem consumo da franquia de dados em dispositivos móveis. Trata-se de uma nota técnica, portanto uma orientação a todo o Ministério Público Federal, que em síntese sustenta que o internet.org desrespeita a legislação brasileira. “Esse passa a ser o posicionamento do Ministério Público Federal sobre esse assunto”, resume a procuradora Neide Cardoso de Oliveira, coordenadora do grupo técnico  de combate aos crimes cibernéticos. Além dela, assinam a Nota Técnica 2/2015 os também procuradores Marcia Morgado Miranda, da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão; e Carlos Bruno da Silva, coordenador do GT de tecnologia da informação. Trata-se de um posicionamento contundente. Com dez páginas, a Nota Técnica diz que o sistema de acesso a determinados sites e aplicativos constitui uma “restrição que aplicada sem exceções quer permitam o acesso ilimitado afronta o artigo 4o do Marco Civil da Internet, ao estabelecer que alguns usuários, em especial a camada mais pobre da sociedade, terá acesso apenas parcial a determinado site”. O MPF entende que “essa limitação do sistema também permite violação ainda mais grave aos princípios norteadores da internet no Brasil, porque somente sites previamente aprovados pelo Facebook e seus parceiros poderão ser acessados através do aplicativo”. Ou ainda que se trata de “flagrante violação à liberdade de acesso e à neutralidade de rede” e que “abre portas para impedir o acesso a sites considerados politicamente antagônicos ou que expressem opiniões distintas do Facebook e seus parceiros, em evidente censura”. Ainda de acordo com a nota do MPF, “o efeito psicológico de uma internet grátis, porém de conteúdo restrito, pode resultar, indiretamente, na fidelização de clientes, ou até pior – a longo prazo, consumidores de internet que apenas veem-na como portal dos conteúdos ofertados pelos parceiros do Facebook”. Tal internet “em fatias (...) cria uma situação de discriminação em face do indivíduo que terá violado seu direito de acesso à informação, previsto no inciso XIV do artigo 5o da Constituição Federal”. Para o Ministério Público, “com o projeto internet.org, uma camada significativa da população, notadamente a mais desprovida de recursos, na ilusão de estar conectada à internet, ficará sujeita a ter ...

    Quinta, 12 Novembro 2015
  • Alternativa para a avaliação das pós

    Estas informações são provenientes de uma pessoa muito experiente na avaliação da pós da Finlândia, onde todas as universidades são gratuitas e tem financiamento público. Para avaliar pesquisadores eles avaliam um pool de índices, onde H e H-10 e número de citações, são apenas uma pequena amostra deles - eles olham quem publica nos veículos também, o que tem muito peso (assim mesmo eventos pequenos e novos tem a sua chance). A pós é avaliada com base nos pesquisadores, alunos, eficiência no uso dos recursos, produção, e mais importante: tem que haver uma comissão internacional neutra que participa do processo. Ninguém fica no comitê muito tempo ... Eles levam a avaliação e o resultado a sério (investem muito esforço nisto), e as universidades também ... Está na hora de repensarmos o nosso sistema de avaliação, em minha opinião o problema principal é que todos os indicadores utilizados pelas CAPES saturam, menos o das publicações. Esta é a origem da obsessão pelo uso de um indicador ÚNICO. ...

    Quinta, 15 Outubro 2015
  • Petição para o acesso livre aos dados do Lattes

    Olá! Eu acabei de assinar a petição "Petição para a retirada dos captchas dos currículos da Plataforma Lattes". Esta petição foi lançada para por um fim ao bloqueio de dados do Lattes. A Comunidade não foi consultada sobre a colocação de capchas que impedem o acesso livre a volume de dados. A quem interessa esta limitação? Isto só prejudica muitos trabalhos científicos e a transparência e avalição pelos pares de Instituições e Grupos de Pesquisa.   É muito importante! Que tal você assinar também? Palazzo Prezados, Nessa semana, conjuntamente com vários pesquisadores, criamos uma petição com alguns argumentos que discutem o porque que a adoção dos captchas não é uma boa estrategia para o Brasil. A adoção de captcha nos currículos Lattes: - Gera um custo elevado, oneroso e desnecessário para a coleta de dados; - Constitui um freio à promoção da Ciência Brasileira; - Desencoraja a consulta de dados da Plataforma Lattes; - Diminui a visibilidade e o impacto da produção científica brasileira nos âmbitos nacional e internacional; e - Impossibilita estudos acadêmicos envolvendo mais de uma instituição, gerando prejuízo à Ciência Brasileira. Em anexo está o documento com maiores informações. Por favor, se concordar, assine a petição online e a divulgue: https://www.change.org/p/presid%C3%AAncia-do-cnpq-conselho-nacional-de-desenvolvimento-cient%C3%ADfico-e-tecnol%C3%B3gico-cnpq-peti%C3%A7%C3%A3o-para-a-retirada-dos-captchas-dos-curr%C3%ADculos-da-plataforma-lattes   Abraços, Jesús P. Mena-Chalco   ...

    Quarta, 14 Outubro 2015
Veja mais posts

universidade-1-b


cc

Uso não-comercial - Vedada a criação de obras derivadas
Creative Commons 3.0 Brasil (CC BY-NC-ND 3.0)

É necessário apenas dar crédito ao site http://palazzo.pro.br

 
 
 
 

Joomla Templates by Joomla51.com